As 12 perguntas que ninguém faz sobre a Mente

A maioria das pessoas acha que a Mente é um órgão do corpo humano ou que o cérebro é simplesmente uma parte do corpo usada para fazer contas e pensar! Elas não fazem ideia do que estão deixando passar…

Para praticar hipnoterapia é fundamental ter conhecimento sobre a mente humanaonde vive, o que come, como se reproduz, rs. E o local onde o estado de transe da hipnose se manifesta e o local onde a terapia se aplica.

Sem ter este conhecimento, seria imprudência conduzir um cliente em hipnoterapia pois algo poderia acontecer diferente do esperado, afinal estamos falando de seres humanos, e seria necessário conhecer o “território” para corrigir a rota.

1. Qual a Relação Entre Mente e Cérebro?

O Cérebro por definição (Wikipedia) é o órgão central do sistema nervoso nos seres humanos. Composto por aproximadamente 86 bilhões de neurônios, células de formato estrelado que se conectam umas nas outras para formar sinapses.

Para a hipnoterapia, é o local onde todos os comportamentos são programados. As sinapses são programações comportamentais e funcionais do nosso corpo.

A Mente pode ser compreendida como a representação abstrata de como o cérebro funciona sobre suas funções relacionadas à cognição e comportamento.

Para a hipnoterapia, é o centro de comando de tudo o que somos e fazemos.

O Cérebro é uma parte física enquanto a mente é um conceito.

Banner ebook Regressão em Hipnoterapia

2. Então, o que é a Mente?

É uma representação do cérebro, dividida em camadas.

Enquanto o cérebro é dividido em diversas partes para ser estudado, a mente pode ser representada em apenas 3, Consciente, Subconsciente e Inconsciente.

Estas três camadas agrupam todas as funções do cérebro. Divididas por características em comum, relacionadas ao quanto uma sinapse pode ser percebida e controlada. Vou explicar melhor nos tópicos seguintes.

Níveis de Consciência

3. O que são Programações Mentais?

Nossa mente controla nosso corpo através de programações mentais.

Cada órgão e tecido tem sua programação própria de funcionamento. O coração sabe como bombear o sangue, o fígado sabe como filtrá-lo, o sistema imunológico como combater intrusos no organismo. Mas é a mente, o cérebro que mantém todos funcionando em harmonia e equilíbrio. Um simples comando mental e a pressão arterial pode alterar, o sistema imunológico pode falhar, etc.

Existem programações que são responsáveis por fazer o corpo funcionar, existem outras que são responsáveis por fazer os comportamentos funcionarem.

Quando nascemos, nossa mente está quase toda em branco, temos basicamente programações mentais de sobrevivência. Chorar para se comunicar, sugar para se alimentar

O corpo não sabe como combater vírus, bactérias porque ainda não aprendeu a fazer isso. A mente não possui uma programação para orientar o sistema imunológico a agir.

A mente não sabe uma linguagem de comunicação estruturada, não sabe coordenação motora, não sabe fazer contas, não sabe quase nada. Simplesmente porque não aprendeu ainda, não possui as programações mentais para isso.

Programações mentais então são:

  • Biologicamente, conexões entre grupos de neurônios, formando sinapses para disparar reações fisiológicas ou psicológicas, que o cérebro aprendeu a fazer.
  • Metaforicamente, são comportamentos que a mente aprendeu (ou já nasceu sabendo) a realizar.

As programações entram em funcionamento por dois motivos:

  • Estímulos que podem ser externos ou internos. Externos quando algum evento no mundo exterior acontece como ver algo que cause medo. Interno quando pensamentos disparam ou ainda quando reações químicas no organismo disparam.
  • De maneira automatizada, quando não há necessidade de um estímulo, a mente simplesmente já aprendeu e sabe quando o momento de disparar.

4. O que é o Consciente

É a camada da mente que reúne as programações mentais que nós percebemos e controlamos.

Segundo Gerald Kein (1939 – 2017), Hipnólogo e Hipnoterapeuta reconhecido como um dos maiores nomes da Hipnoterapia do mundo, as principais funções desta camada são: O Pensamento Analítico, Raciocínio, Força de Vontade e as Memórias Funcionais.

Poderia acrescentar ou destacar ainda os pensamentos lógicos e as análises de decisão.

Todas funções que uma pessoa consegue perceber quando se manifestam e pode controlar. Você consegue controlar sua memória funcional lembrando-se do número do seu CPF no momento em que quiser e percebendo que esta memória está sendo acessada, consegue controlar sua decisão de seguir ou não o Waze para chegar ao seu destino, etc.

A mente consciente

5. O que é o Subsconsciente

É a camada da mente que reúne as programações mentais que nós percebemos mas não controlamos.

Segundo Gerald Kein, as principais funções são: Memória de Longo Prazo (aquelas que você acha que esqueceu), Hábitos, Emoções, Autopreservação e Ociosidade.

Poderia acrescentar ainda as programações de personalidade, valores pessoais e caráter.

Todas funções que uma pessoa consegue perceber quando se manifestam, mas não consegue controlar. Você não consegue controlar uma reação emocional de raiva fazendo-a passar simplesmente porque quer que passe. Se faz parte da sua personalidade ser uma pessoa organizada, não consegue se adaptar a um ambiente bagunçado com facilidade.

A mente subconsciente

6. O que é o Inconsciente

É a camada da mente que reúne as programações que não percebemos e não controlamos.

Segundo Kein, as principais são: O Sistema Nervoso Autônomo e o Sistema imunológico.

Funções que, enquanto estão funcionando corretamente, você não tem a percepção de que existem e tão pouco as controla.Seu sistema imunológico certamente está neste exato momento combatendo alguma inflamação, infecção em seu corpo e você nem notou.

A mente inconsciente

7. O que é o Fator Crítico

Também chamado de Senso Crítico, é uma espécie de camada protetora que cuida do subconsciente, impedindo que estímulos disparem programações mentais indevidamente.

Você já deve ter percebido que o Subconsciente é uma camada delicada porque cuida das programações que percebemos, ou seja, influenciam em nossa vida, mas não controlamos.

Imagine como seria descontrolada a vida de uma pessoa que passasse por oscilação emocional a cada notícia que lesse no jornal. Como seria ruim acreditar em tudo o que ouvisse, enfim, por isso o Fator Crítico tem uma função extremamente útil no dia a dia de filtrar o que será processado e o que não será.

Uma das maneiras de levar uma informação diretamente para o subconsciente sem passar pelo Fator Crítico é estando em transe hipnótico.

(Para saber mais sobre Hipnose, recomendamos este artigo, clicando aqui).

O Fator Crítico

8. Como a mente é programada

Os 4 principais métodos de programação mental são:

Experimentação: O primeiro método de aprendizado da mente. A partir do momento em que nascemos nosso primeiro contato com o mundo é experimentando situações, interações, experiência e assim a mente vai registrando informações e sendo programada.

Emoções: São uma porta de entrada para novas programações mentais. Toda situação vivenciada com associação emocional tem maiores chances a ser gravada pela mente. Quanto maior a intensidade emocional, maior o aprendizado. Quando esta intensidade é extremamente forte, temos um cenário de trauma, que é uma memória capaz de provocar uma descarga emocional tão forte como se o evento causador estivesse acontecendo naquele momento.

Convencimento: um método predominantemente presente na camada consciente, mas que tem capacidade para afetar a mente subconsciente também. Basicamente assumindo o poder de gerar programações mentais quando uma ideia é proposta à mente e de acordo com seus critérios de avaliação, se mostra convincente. Geralmente este método funciona melhor quando não há crenças que se oponham aos argumentos.

Terapias: protocolos terapêuticos têm basicamente a função de condicionar programações mentais. Como estamos no contexto da hipnose, vale destacar a Hipnoterapia, que é um método focado em reprogramações subconscientes.

(Para saber mais sobre Hipnoterapia, recomendamos este artigo, clicando aqui).

9. Quanto tempo a mente precisa para se programar ou reprogramar?

Depende do método aplicado e do fato de já existir ou não uma programação no lugar onde a nova será feita.

Sobre o método, através da EXPERIMENTAÇÃO, uma nova programação mental pode levar em média 28 dias para ser consolidada. Desde que não exista um trauma impedindo-a. É neste fundamento que alguns livros se baseiam como o “Poder do Hábito” onde o autor Charles Duhigg defende que são necessários 21 dias de repetição para se programar um novo hábito na mente. Entretanto se houver um trauma impedindo este deverá ser superado primeiro. Por exemplo, para uma pessoa que tem medo de dirigir devido a um trauma, não adianta exercitar por 21 dias a direção.

Através de EMOÇÕES uma nova programação mental pode levar poucos segundos ou minutos para ser consolidada. Imagine uma pessoa que acaba de se apaixonar e assume em uma fração de segundos, uma programação emocional positiva relacionada a uma pessoa, ou ainda uma pessoa capaz de se lembrar de um filme apenas ouvindo a música. Certamente este filme a marcou emocionalmente por alguma cena com forte carga emocional. Este método é um dos mais rápidos, mas também difíceis de ser controlado.

Através de CONVENCIMENTO, também em poucos minutos. Basicamente até passar a fase da aceitação da nova ideia e o desapego da antiga, que como dito anteriormente, pode não se desapegar caso a atual programação seja mantida por uma crença.

Através de TERAPIA pode levar dias, semanas, meses ou anos, dependendo da linha terapêutica. Através da psicanálise geralmente anos, com hipnoterapia geralmente semanas ou poucos meses. Este método, apesar de aparentar ser o mais demorado, é também o mais seguro e controlado.

10. Como a mente influencia o sucesso e o fracasso na vida de uma pessoa?

Simples, o que define o sucesso ou o fracasso na vida de uma pessoa são os comportamentos que ela assume diante das situações e oportunidades que vivencia em seu dia a dia.

E já sabemos que os comportamentos são frutos das programações mentais, portanto se a mente não estiver corretamente programada para o sucesso, irá provocar comportamentos que levem ao fracasso.

Como a mente influencia o sucesso e o fracasso na vida de uma pessoa

11. É possível controlar a mente?

Sim e é uma prática muto saudável. Mas é necessário conhecimento sobre os gatilhos (estímulos) que disparam ou anulam suas programações mentais, desta forma é possível para uma pessoa, assumir o controle sobre a própria mente.

12. O que é Eixo Emocional?

É o conceito de um local na mente onde as emoções ficam programadas, as boas e as ruins, e também a relação entre elas, ou seja, o quanto uma emoção pode afetar outra.

Assim como o eixo hormonal que deve estar em equilíbrio, com a produção de hormônios funcionando corretamente para evitar que uma deficiência hormonal afete todo o conjunto, o eixo emocional também deve estar.

Neste eixo ficam programadas também a intensidade com que cada emoção irá reagir diante de estímulos e estas referências são individuais, por isso algumas pessoas têm medo de dirigir enquanto outras não.

Conclusão

A mente é sem dúvidas uma das partes que mais devemos cuidar do nosso corpo. É um universo ainda em descoberta mas que já mostra o quão fascinante é sua maneira de funcionar e tomar conta de nossas vidas, enquanto não assumimos o controle.

Um grande abraço e Muuuuito Beeeeem!!!

Quem leu este também gostou desses

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Compart.
Compartilhar
Pin
Compartilhar
Twittar